Promessa feita em 2018 por Elon Musk viraliza no Twitter


2 min de leitura
15 Dec
15Dec

Já pensou no que faria se você fosse a pessoa mais rica do mundo – ou tivesse, ao menos, US$ 188 bilhões em sua conta (mais de R$ 1,022 trilhão)? Para a maioria dos habitantes da Terra, é difícil de pensar, na verdade, o que é que estaria fora das possibilidades, mas Elon Musk, em 2018, já havia definido um destino certo para sua fortuna, e a mensagem a respeito do tema voltou a ganhar destaque no Twitter.

Na ocasião, o empresário declarou: "Metade de meu dinheiro utilizarei para resolver problemas de nosso planeta, e o restante para auxiliar no estabelecimento de uma cidade autossustentável em Marte, assegurando, assim, a continuidade da vida de todas as espécies caso um meteoro nos atinja como na época dos dinossauros ou ocorra a Terceira Guerra Mundial e acabemos nos destruindo."

Ainda de acordo com o atual ocupante do topo do Bloomberg’s Billionaires Index, todos deveriam perguntar a ele o porquê de querer tanta grana. Tempo sobrando para se divertir, indicou, era algo que não possuía. "Não tenho casas de férias, iates ou coisas do tipo", complementou.

Faça seu pedido!

Apesar de ter não ter especificado em que setores investiria suas somas e quais soluções ofereceria para questões humanas, também em seu perfil no Twitter, em postagem publicada nessa quinta-feira (7), Musk disse estar aberto a sugestões. "Críticas são sempre bem-vindas, assim como ideias de como doar dinheiro para aquilo que realmente faça a diferença", ressaltou o bilionário, que defende: "É mais difícil do que parece."

Nas respostas, não faltam pedidos modestos e ousados. Por exemplo, tem que aconselhe a compra do maior número possível de criptomoedas para que, em algum momento, os rendimentos o permitam conceder mil satélites a cada pessoa do planeta (e até quem queira se tornar o primeiro artista da História a exibir suas pinturas no Planeta Vermelho).

Por outro lado, tem quem peça apenas que ele pergunte a seus funcionários quais seriam os restaurantes locais favoritos deles e, depois, auxilie os pequenos comerciantes nos arredores de suas instalações, deixando, de quebra, sua equipe bem alimentada.

Uma vez que Elon não especificou que tipo de diferença quer fazer, bem, cabe a ele definir os critérios para evitar que a imaginação de todos aqueles que não estejam nem perto de aparecer na lista dos mais abastados vá além de suas expectativas.