O que está por trás da alta do Bitcoin e essa capitalização de mercado de US$1 trilhão de dólares?


1 min de leitura
19 Feb
19Feb

Ao registrar um novo topo histórico na faixa dos US$55.700 dólares o Bitcoin (BTC) superou uma marca histórica de capitalização de mercado.No momento desta redação a capitalização total de mercado do Bitcoin ultrapassou o US$1,02 trilhão de dólares.Apenas para termos uma ideia, este valor é maior que o PIB de muitos países do mundo.O mercado cripto como um todo atingiu a marca de US$1,67 trilhão de dólares, com a dominância do BTC em aproximados 60,8% do mercado (CoinMarketCap).A marca histórica está acompanhada não de um mercado eufórico, mas sim de um institucional entrando em peso no maior criptoativo do planeta.A pontuação no Google Trends, por exemplo, que é um dos dados de sentimento mais relevados no mundo cripto está em apenas 52.Isto significa que as buscas mundiais pelo termo Bitcoin estão 48% abaixo do topo histórico atingido na “bull run” de 2017.E também sequer é o maior índice registrado no ano, que na primeira semana de janeiro marcou os 66 pontos.Em contrapartida, cada dia surge uma notícia diferente de alguma grande empresa fazendo aporte em Bitcoin para a sua carteira ou portfólio de investimentos.Ou então de alguma Instituição financeira, seja ela um Banco privado ou gestora de ativos oferecendo um novo produto como Fundos, ETFs, ou ETPs em algum tipo de criptoativo, principalmente com o Bitcoin.Empresas de pagamentos também estão aderindo avidamente aos criptoativos em suas plataformas.E por fim, cada vez mais os Estados e Bancos Centrais do mundo têm trabalhado a sua legislação porque está sendo inevitável e imprudente não olhar para os criptoativos.Aquele mercado de varejo que conduziu o ecossistema cripto até meados de 2020 ainda existe, mas a sua capacidade financeira está muito aquém das empresas bilionárias que estão disponibilizando verbas e fundos para fazerem parte deste mercado.Também, cada vez mais os gurus das finanças e economia estão se vertendo aos criptoativos, principalmente ao Bitcoin.E estas celebridades conduzem um comportamento de manda, assim como quando uma grande empresa anuncia um investimento em Bitcoin ou outro criptoativo.O mercado cripto agora sequer releva mais a vasta impressão de dinheiro Estatal que tanto degrada o valor do dinheiro fiduciário, e que mantém ativos bem fundamentados e com suprimento limitado em valorização, como o próprio Bitcoin.Nunca foi tão obsoleto comparar o Bitcoin ao ouro! Os bitcoiners sequer se preocupam com isso.No mais, não podemos deixar de considerar que atrás do Bitcoin existe uma enxurrada de projetos bons, bem estruturados, e que estão se desenvolvendo há anos.Recentemente vimos os protocolos Cardano, IOTA, Ethereum, Binance, Waves, PolkaDot, UniSwap, DASH, entre tantos outros entregarem evoluções sistêmicas que fizeram seus tokens saltarem de preço.Agora chegou a hora dos peixes grandes entrarem na banheira, e com isso, esse mercado terá que se expandir para caber todo mundo.E com o tamanho das barbatanas destes peixes, os saltos do mercado cripto poderão ser cada vez maiores.