FD7 Ventures, fundo de Investimento vende R$ 4,3 bilhões em Bitcoin para comprar duas criptomoedas específicas


2 min de leitura
08 Mar
08Mar

Recentemente, o fundo de investimento FD7 Ventures anunciou que venderia US$ 750 milhões (mais de R$ 4,3 bilhões) em Bitcoin para comprar duas criptomoedas específicas tais como Cardano (ADA) e Polkadot (DOT).

Agora, em um comunicado de imprensa divulgado em 4 de março, o gigante financeiro com sede em Dubai explicou o porque eles acreditam que o preço dessas criptomoedas poderá aumentar expressivamente nos próximos anos. 

Mais precisamente, ADA e DOT podem crescer 20 vezes nos próximos 3 anos, segundo a FD7 Ventures.

Capital vai fluir para essas criptomoedas

De acordo com o sócio-gerente da FD7 Ventures, Prakash Chand, a projeção otimista se baseia na crença de que o dinheiro institucional começará a fluir para essas plataformas, incluindo o Ethereum.

Isso deve começar a acontecer, segundo Chand, à medida que mais organizações perceberem o potencial que essas plataformas têm para mudar o mundo.

“Na minha opinião, esses três projetos vão começar a perturbar os setores em toda a linha — de saúde a bens imóveis e financeiros,” disse Chand.

O executivo explicou que esses projetos, juntamente com Ethereum, podem mudar a maneira como o mundo faz negócios. 

Além disso, Chand acredita que empresas como a Tesla irão eventualmente mover alguns fundos para ETH, DOT e ADA.

Bitcoin superará o ouro

Quando Chand anunciou que a FD7 venderia seus BTC para comprar ADA e DOT, ele disse que o Bitcoin era “inútil”.

Agora, no novo comunicado, ele se retratou pela afirmação:

“Eu provavelmente não deveria ter usado a palavra ‘inútil’. Mas, no final das contas, como um tecnólogo, eu realmente sinto que ADA, DOT e ETH têm maior potencial para mudar o mundo com projetos significativos”, observou.

Conforme explicou, o Bitcoin foi o pioneiro no mundo dos criptoativos e construiu uma “marca”. 

Agora, muitas instituições estão comprando BTC porque sabem que ele ultrapassará o valor de mercado do ouro.

Entretanto, segundo Chand, além de ser uma reserva de valor, o Bitcoin não tem muita utilidade real.

O sócio-gerente da FD7, Q. Dhalla, afirmou que demorou mais de 10 anos para o Bitcoin receber apoio institucional. 

Nesse sentido, destacou que esses investidores são mais ágeis no que diz respeito à ADA e DOT:

“Estamos à beira de uma adoção institucional em massa nas criptomoedas. Eu posso te dizer, quando se trata de Cardano, Polkadot e Ethereum, o dinheiro institucional não vai esperar 10 anos desta vez. Bitcoin nos deu a prova de conceito que construiu confiança no mercado. Ele abriu um caminho para altcoins inovadoras escalarem muito mais rápido.”

Soluções para o mundo real

Chand destacou que Cardano tem um roteiro voltado para lançar soluções de blockchain que abordem problemas do mundo real.

Como exemplo, citou o fornecimento de documentação de contrato inteligente e acesso financeiro a milhões de indivíduos sem banco em estados-nação africanos.

Polkadot, por outro lado, alimenta uma blockchain que lança e escala continuamente um ecossistema robusto de projetos.

O objetivo da rede, conforme apontou, é construir soluções que suportam uma plataforma descentralizada para Web3.